Como se diferenciam os sensores emissores de comandos e os sensores medidores

Os sensores e sistemas com diferentes princípios de atuação proporcionam uma vasta gama de aplicações. Independente do princípio de atuação, há duas variantes principais – conforme o sinal de saída: Sensores emissores de comando e medidores.

Aplicações de exemplo

Reconhecimento dos níveis de abastecimento mínimo e máximo

Reconhecimento dos níveis de abastecimento mínimo e máximo por meio de sensores emissores de comandos

Reconhecimento contínuo do nível de abastecimento

Reconhecimento contínuo do nível de abastecimento por meio de sensores medidores

Em algumas aplicações basta que você capture duas posições: O ponto inicial e o final. Em outras aplicações, o registro de posições ao longo de todo o percurso de medição é importante. Dependendo do tipo de informações que for necessária, você escolhe sensores emissores de comandos ou sensores medidores.

Sensores emissores de comando reconhecem se um objeto está presente ou não. As vantagens: Custos baixos com tecnologia simples, fácil colocação em funcionamento, normalmente sem contato com o meio.

Sensores analógicos permite uma saída contínua de valores de medição. As vantagens: Maior precisão de posição e distância, medição dinâmica contínua, uso mais flexível do que de sensores emissores de comandos.

Tipos de saída

Tipo de saída – Princípio de comando

Princípio de comando para verificar se um objeto está presente ou não.

Tipo de saída – Princípio analógico

Princípio analógico para a emissão contínua de valores de medição

Tipo de saída – IO-Link como tecnologia independente de barramento

IO-Link como tecnologia independente de fieldbus para a comunicação no entorno do sensor

Tipo de saída – Ethernet como tecnologia para troca de dados

Ethernet como tecnologia para a troca de dados em um sistema fieldbus

Além de equipamentos com sinal de saída emissor de comando e analógico, também existem p. ex. equipamentos com tecnologia IO-Link e Ethernet. Ambas as tecnologias podem emitir tanto sinais de comando quanto valores de medição. Adicionalmente, estas tecnologias oferecem a você a possibilidade de intercambiar outras informações de dados, como por exemplo denominação do produto ou valores para "Condition Monitoring", de modo sincronizado aos dados do processo.